Tim-Tim-Tim-Tim!

timNão, não vou reclamar de forma generalizada. Sempre fui bem tratado e sempre recebi o que contratei. Também não é nada comum ter problemas de sinal.

Mas o dia de se aporrinhar sempre chega, né? Pois vejam que curioso.

Acabei de ligar pra Tim. Teclei 1056 e falei com o Douglas. A ligação foi encerrada às 16h36 (hora que o computador marcava).

Meu telefone, o aparelho, está em fim de carreira. Os botões já não funcionam direito, a bateria já não dura quanto deveria, às vezes desliga sozinho. Aí, entro no site e escolho o aparelho novo, vou comprar. E ligo para a Tim.

Depois de perder um tempo enorme com digite isso e aquilo e todos os nossos atendentes estão ocupados, o Douglas dá boa tarde e começa o atendimento. E me vem com a boa notícia:

– Não temos o aparelho em estoque.

Daí pra frente, segue o diálogo reproduzido (de memória)

– Ahn?

– Sr., não temos o aparelho em estoque.

– Como assim? Então tem que tirar o aparelho do site.

– Mas no site tem, Sr. Se o Sr. comprar pelo site, seu aparelho será entregue.

– Como assim?

– É diferente Sr. Se comprar pelo site, o Sr. paga no cartão de crédito. Conosco, o preço vem na conta. E nós não temos o aparelho em estoque. O Sr. não quer o aparelho XPTO (mais caro do que o que eu pedi).

– Não, eu quero o OTPX. E pra comprar no cartão, eu vou à loja da Samsung que será mais barato e vou ser melhor atendido.

– Ok Sr. O Sr. deseja mais alguma coisa?

– O protocolo.

– 2014011667336

Só eu acho esse diálogo além da imaginação? Como assim é diferente? Pombas, é ou não é a Tim?

Agora, alguém acredita que a Tim vá resolver o problema? DU-VI-DE-Ó-DÓ!

Anúncios

Visita obrigatória

Nada como ter amigos observadores. Não é que o Capitão Oc, autor do texto que usurpei e publiquei no post anterior apareceu por aqui, mandou e-mail e tal e fez um comentário bem pertinente?

a sessão do seu blog deveria se chamar Visita Obrigatória, não?

Isso porque, além do Grooveshark que ele mesmo citou, há outros links ali que levam a sítios onde não se lê nada, mas se ouve, vê ou apenas clica de novo.

Então pronto. A coisa mudou. Entrem, fiquem à vontade, a casa é sua também: Visita obrigatória.

Rearrumando a casa (ou links e mais links)

Na verdade, esse post é apenas para apresentar alguns novos links que estão na barra lateral e uma nova arrumação de mobília.

A primeira coisa é que entre todas as categorias de links do blog, hoje nasceu mais uma: No Rio. Claro que é pra facilitar quem quer encontrar informações sobre os problemas e soluções da cidade (e do estado, claro), além de algumas dicas.

E com a nova seção, alguns links mudaram de lugar. É o caso do Cariocadorio, Restaurantes do Rio e Visão Suburbana. Mas não é só de empurrar sofá e estante que vive a casa. As novas ligações são as seguintes: As Ruas do Rio, Bairros.com, caoscarioca, Diário do Rio de JaneiroGuia do Rio, Grupo Grande Tijuca, Repórter de crime, Rio de Paz, Rio Temporada e Sou da Vila.

Outras novidades (que já estão no ar há alguns dias) tem relação com duas das minhas paixões: corridas de carro e futebol. A seção Na pista já havia sido dividida com a criação da Na F1, onde estão o site da categoria e de todas as suas equipes. Em compensação, apareceram as ligações para os sites das categorias que acompanho, mesmo que à distância: GT Brasil (GT BR3, GT BR4 e SuperBike), StockCar (Stock, Montana e Mini), MotoGP (125, Moto2 e MotoGP), Fórmula Superliga e Racing Festival (Trofeo Línea, Formula Future Fiat e 600 Super Sport).

Aí aproveitei para organizar as coisas da bola e nasceram as seções Na bola – Carioca, Na bola – Séria A e Na bola – Série B, com os sites para os clubes dos brasileirões de primeira e segunda divisões, além do times que participam do campeonato ‘me engana que eu gosto’ do Rio.

Agora, usar ou não usar é com vocês. Divirtam-se.