Ice cold beer / Foto: Bruno Dias

Foto do dia: Bruno Dias

Da política ao prato executivo

Boas descobertas de ontem. Na verdade, dica de uma grande amiga. Flávio Sabbagh Armony é jornalista, mestre em Comunicação e Cultura pela UFRJ e sua dissertação é sobre jornalismo político. Aí, o cara vai faz o blog Estado Crítico (já publicado na página Visita obrigatória). Boa leitura de belas análises em textos curtos e objetivos.

Não satisfeito, Flavio ainda presta um bom serviço a quem trabalha ou visita o Centro do Rio. No blog Comer no Centro (publicado na página Carioca), a cada restaurante visitado são avaliados o tipo de comida, cardápio, conforto, preço, quantidade e qualidade, além da informação sobre como pagar.

Se é verdade que acho o primeiro muito mais divertido, é impossível não reconhecer a utilidade do segundo. No que me cabe, indico que se freqüente os dois.

Slow food

Sou o cara mais chato, reclamão e ranzinza do mundo ou mais alguém notou que Bob’s e McDonald’s destruíram – faz tempo – o conceito de fast food?

Na mosca!

E a Devassa é a grande notícia do pré-carnaval. Em sua nova campanha, Sandy é a garota propaganda que substitui Paris Hilton. E só se fala nisso, é campeã de audiência no quesito “falem mal, mas falem de mim”. Porque o tema está em todas as redes sociais com críticas e mais críticas entre bem humoradas e ácidas. Tudo porque a Sandy tratou de fazer sua carreira como a garota certinha de família, que não fala palavrão, casou cedo e coisas assim.

Mas peraí, será que realmente erraram tanto assim?

O mote da campanha é “todo mundo tem um lado devassa”. Então, teoricamente, ninguém melhor que uma ‘santinha’ conhecida para ser a personagem. De quebra, o texto do comercial se encaixa perfeitamente e é muito bem feito, em clima de descontração total, de curtição dela e da platéia que aparece surpresa.

Então, desse meu cantinho aqui, parabéns à agência Mood.

 

Foto do dia: pastinha

Foi pescado e, claro, vendido um atum em Tóquio, no mercado de peixe de Tsukiji, com 456kg. E aí, na sexta-feira, pensando em chamar alguns amigos para umas cervejas e petiscos no solar, fiquei pensando em quanta maionese, ketchup, mostarda e pimenta do reino seria necessário para fazer uma pastinha caprichada.

A força da grana (ou como será em 2014?)

É das coisas mais óbvias e comuns as galerias de fotos de garotas lindas, sempre que Holanda e Dinamarca jogam em copas do mundo ou eurocopas. E hoje foi uma festa, porque as duas seleções se enfrentaram. E é claro que os registros foram feitos e já correm mundo. Mas nessa foto da torcedora dinamarquesa há um detalhe, no mínimo, interessante: ela está segurando uma garrafa de cerveja dentro do estádio.

É claro que a cerveja é uma das patrocinadoras da FIFA, mas fico me perguntando como será em 2014. Porque por aqui, na Terra Brasilis, é proibido beber dentro de estádios e, alguns estados e cidades, em um grande perímetro ao redor. Vai valer a lei dos homens ou a lei da grana?

Comes e bebes

Experiências de um paladar comum que gosta de comida boa, preço justo e de um bom atendimento.

E não preciso dizer mais nada para tentar explicar o que é o Restaurantes do Rio. Leo Spinardi visita os restaurantes e fala de suas experiências. O resultado é uma coleção de boas dicas sem o pernosticismo (boa essa…) dos críticos gastronômicos que encontramos nas mídias habituais.

Na minha opinião, ainda falta – pelo menos – um ou dois mexicanos. Para isso, pode começar pelo Puebla Café, na Cobal do Humaitá (sugiro o Super Combo 2) e por um novo que não lembro o nome, na Visconde de Itamaraty (próximo à Praça Varnhagen, na Tijuca). Pode ser um bom contraponto entre as zonas norte e sul.

Não conheço o Leo, quem mandou a dica do blog pelo Facebook foi o Octávio, um amigo em comum. Mas sou capaz de apostar que ele gostaria muito se vocês deixassem suas dicas de restaurantes nos comentários do blog. Quem sabe ele não se anima e passa para tomar um chope naquele boteco que (por enquanto) só você sabe que vale a visita?

E pra quem não guardar entre os seus favoritos, o link já está na barra lateral, em Na boa.