Cena ou princípio?

José Genoíno saindo de casa para se entregar à Polícia Federal / Foto: Eduardo Knapp - FolhapressEntão, em que pese algumas cenas ridículas e discursos idem, estão lá na cadeia. Sim, estou falando de Genoíno, com sua camisa rosa e sua capa “passarão passarinho” bordada por centenas de mãos (?); do punho fechado de Dirceu; de Valério falando da incompetência da PF; da fuga de Pizzolato; de Delúbio e toda a turma. E, claro, de todas as suas manifestações e publicações em redes sociais.

Seria de chorar de rir não fosse a vergonha alheia.

O que falar, então, da ladainha de que são presos políticos condenados por um tribunal de exceção? Pois repetem e repetem e repetem… Será que acreditam mesmo nisso ou apostam na tese de que uma mentira repetida mil vezes vira verdade? Pois reparem que os sujeitos foram condenados em um país que vive uma democracia, governada há 11 anos pelo partido do qual fazem parte, foram líderes e ainda são expoentes. Foram condenados por um tribunal que tem oito de seus membros indicados pelos presidentes dos últimos 11 anos, de seu partido. É, bem coerente mesmo…

A experiência nesses casos, de figurões e manda-chuvas que vão para o xilindró, nos ensinou que tudo não passa de grande cena. E a expectativa é que todos saiam em breve da cadeia. Torço muito para que sejamos supreendido nisso.

Mesmo assim, é claro que é maravilhoso o que aconteceu no Brasil, apesar dos muitos anos desde a denúncia até o final do julgamento (que não acabou, é bom que se diga).

A expectativa, agora, é que isso não pare mais de acontecer e que todos aqueles que devam parar na cadeia sejam devidamente encaminhados pra lá, independente de patente.

Eduardo Azeredo / Foto: George GianniPra não perder o ritmo, o STF poderia – ao encerrar de verdade o atual julgamento – se dedicar aos inquéritos 2280 e 3530, conhecidos como o mensalão mineiro e a lista de Furnas. Aos que não têm memória, sugiro pesquisar. Só pra começar.

Sobre o tribunal, aliás, começa a pesar a partir de agora a cobrança para tratar da mesma maneira todos os processos semelhantes, sobre corrupção. De preferência, mais célere. Mas a verdade é que só com o encerramento real deste processo e o início ou não de julgamentos sobre o mesmo tema é que saberemos se tudo o que aconteceu até agora foi apenas uma cena ou o início de um período virtuoso da história do Brasil.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s