Um recado de Eça aos modernosos do século 21

Só hoje me dei conta de que abandonei o blog há mais de um mês. Nada como o trabalho para atrapalhar a vida de alguém, né não? Enfim, volto tratando de um tema que me é muito caro: linguagem.

Já faz tempo que implico com o ‘corporativês’ adotado no Brasil. Na verdade, um jeito pernóstico de falar, uma espécie de portinglês inventado e adorado – geralmente – por administradores e profissionais de comunicação, mas que rapidamente se espalha por empresas, congressos, fóruns etc. Afinal, é preciso parecer antenado e descolado, ser in, estar up to date. Mesmo que tudo se resuma a aparências.

Vejam, não estou me referindo a jargões específicos de profissões (que sempre existiram) ou termos técnicos. Mas expressões desnecessárias, sempre com um equivalente em português que facilitaria a comunicação.

De certa forma, trabalhando em comunicação empresarial, acabei sublimando esse incômodo e aprendi a conviver com os afetados ao redor. Até que me surpreendi quando lia uma revista.

Deveria ser óbvio, mas muita gente parece não saber que há diferenças brutais entre o que falamos e o que lemos. Pelo menos, deveria ser assim. Aquele papo de norma culta, alguém se lembra? Pois bem, cabe aos meios de comunicação manter a compostura, usar a tal norma culta e, principalmente, escrever em português. Mas aí… Vejam o texto abaixo.

…estrategista da prática de digital e social media da agência. Segundo ela, a empresa se prepara para montar no país uma sala de comander center, a exemplo do que já existe em Washington…

É muito pouco texto para tanta coisa escalafobética. O trecho acima foi publicado na página 25 da revista Valor Setorial – Comunicação Corporativa de novembro de 2011 (sim, minha leitura está bem atrasada). Está lá assim, sem qualquer grifo nas palavras em inglês, com redundâncias em dois idiomas. E com que objetivo?

Por quê digital e social media? Não bastasse estar errado em inglês (deveria ter and no lugar de e), por que não dizer ‘mídia digital e social’? Depois, o que dizer de sala de comander center? Além de também estar errado em inglês (o correto é commander), poderia simplificar a vida do leitor usando expressões como sala de comando ou centro de comando.

Como podem ver, tudo bullshit. E se em apenas algumas linhas já vimos isso, imaginem o resto da revista… E é claro que isso deve se repetir em muitas outras publicações.

Por conta da revista, lembrei do texto abaixo, citação do livro A imprensa e o caos na ortografia, de Marcos de Castro. Um comentário de Eça de Queirós (1845-1900) sobre a cobertura, na imprensa portuguesa, de uma visita que D. Pedro II fez a Alexandre Herculano em 1872.

Sua Majestade Imperial visitou o Sr. Alexandre Herculano. O facto em si é inteiramente incontestável. Todos sobre ele estão acordes, e a História, tranqüila. No que porém as opiniões radicalmente divergem é acerca do lugar em que se realizou a visita do Imperador brasileiro ao historiador português.

O Diário de Notícias diz que o Imperador foi à mansão do Sr. Herculano. O Diário Popular, ao contrário, afirma que o Imperador foi ao retiro do homem eminente que… O Sr. Silva Túlio, porém, declara que o Imperador foi ao tugúrio de Herculano (ainda que linhas depois se contradiz, confessando que o Imperador esteve realmente na tebaida do ilustre historiador que…). Uma correspondência para um jornal do Porto afirma que o Imperador foi ao aprisco do grande… etc. Outra vem todavia que sustenta que o Imperador foi ao abrigo desse que… Alguns jornais de Lisboa, por seu turno, ensinam que Sua Majestade foi ao albergue daquele que… Outros contudo sustentam que Sua Majestade foi à solidão do eminente vulto que… E um último mantém que o imperante foi ao exílio do venerando cidadão que…

Ora, no meio disto, uma coisa terrível se nos afigura: é que Sua Majestade se esqueceu de ir simplesmente a casa do Sr. Alexandre Herculano.

Anúncios

Um comentário em “Um recado de Eça aos modernosos do século 21

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s