Se não der, pau vai comer

Na inauguração da ponte Rio Negro, ao lado de Dilma e do governador do Amazonas, Omar Aziz, Lula usa um cocar e tenta se travestir de cacique. A foto é autoexplicativa, não é?

O sujeito prometeu que desencarnaria do cargo, mas todos sabemos que não foi o que aconteceu. Sempre que a moça tem um problema um pouquinho maior, chama por ele. Ou nem chama, ele se mete logo. Afinal, é tudo cria dele né.

Pois foi ele que mandou o ministro dos esportes e seu partido, o PC do B, resistirem. Pois é, “nunca antes na história deste país” houve um ex-presidente tão ativo e tão presente no mandato do sucessor. Tanto que até em eventos oficiais ele aparece. E nem constrangidos ficam.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s