Da séria série…

… Pensamentos soltos e quase sem sentido.

Muitos dias de muito trabalho, entremeados com alguns dias de parte da família de cama. E quem é habitué do cafofo – se é que eles existem – notou que o negócio andou meio abandonado por aqui.

O curioso desses dias muito corridos e um tanto atribulados é que, ao nos tirar de nossas rotinas, nos permitem pensar em coisas – muitas vezes – pouco usuais. E acabei lembrando do fim do mundo.

E sempre que lembramos dele, o mais comum é imaginarmos um grande holocausto. E é claro que a imagem dos cavaleiros do apocalipse combinada com todos os fins do mundo produzidos em Holywood – quase sempre em Nova Iorque – ajudam nisso.

E lembrei dos maias e de que falta pouco mais de um ano para a suposta data fatídica apontada por eles, 22 de dezembro. E lembrei que já há uma pá de gente que insiste em dizer que, ao contrário do fim do mundo – pura e simplesmente -, teremos o fim e, claro, início de uma nova era. Algo como o fim do mundo como nós o conhecemos.

Aí, pensando na grande merda em que está prestes em se transformar a Europa e a cagalhopança em que está metido os EUA e a seqüência de tragédias que tem atingido a Ásia – especialmente o Japão, seu país mais desenvolvido -, comecei a me perguntar: será que o ‘fim do mundo’ não está mesmo próximo e sua preparação já não está a pleno vapor?

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s