Os gêmeos

Porque Cosme é meu amigo
E pediu a seu irmão: Damião
Pra reunir a garotada
E proteger meu amanhã

Sou de um tempo – que nem faz tanto tempo – em que era muito comum ver as pessoas distribuindo doces pelas ruas no dia 27 de setembro, em comemoração e homenagem a Cosme e Damião. Meus preferidos eram a maria-mole o os saquinhos de cocô de rato.

Não sei por quê, mas aos poucos a busca por doces foi ficando um tanto mais selvagens (infelizmente passou a ser comum ver crianças brigando pelos doces) ao mesmo tempo em que o número de pessoas distribuindo doces foi diminuindo. Capitalismo pouco é bobagem, né não?

Enfim, não sei vocês, mas já quase não vejo mais ninguém distribuindo ou recebendo doces por aí, parece que mais uma das grandes e belas tradições do Rio foi engolida pelos tempos modernos, por todo mundo cada vez mais sem tempo.

Acta e Passio, seus nomes originais, eram árabes e estudaram medicina na Síria. E, como práticos, diziam ‘curar em nome de Jesus’ e nunca aceitaram dinheiro. Foram perseguidos e martirizados, mas a maneira como morreram nunca foi confirmada.

A história dos doces tem origem na lenda de que eram dois príncipes gêmeos que traziam sorte para todos. E sempre que resolviam um problema, pediam doces e balasem troca. Bagunceiroscomo quaisquer boas crianças, aprontavam que só e numa dessas, brincando próximos a uma cachoeira, um deles caiu e morreu afogado. O príncipe que sobreviveu perdeu a alegria e passou a pedir aos deuses que o levassem para junto do irmão. Seu desejo foi realizado e na terra foram deixadas duas imagens de barro.

Aos dois, só tenho um pedido: que cuidem bem de minha pequena.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s