Da Catalunha

Descoberta de sexta-feira. Amigo de quase 20 anos (em que pese a pouquíssima convivência dos últimos anos), um sujeito de muitas qualidades – algumas raras, outras nem tanto. Botonista de bom nível, rubro-negro de quatro costados, de Vila Isabel.

Publicitário de formação que enveredou pela área comercial (resolveu ganhar dinheiro, o sujeito), sempre desconfiei que fosse uma espécie de talento desperdiçado. Mas parece que ele resolveu fazer algo quanto a isso.

Por enquanto, só há três textos publicados. Dois sobre o Flamengo, um sobre a passagem do tempo. Vale a visita e, quem sabe, um tanto de pressão para que se torne um escrivinhador mais constante e mais plural na escolha dos temas, e que enriqueça um tanto mais o espaço que resolveu ocupar na rede.

Depois de ler o trecho que destaco como chamariz, clique aqui para ler tudo enquanto ainda é pouco.

Há algum tempo já sou tratado de senhor, apesar de muito me agradar a sensação que Este está mesmo lá em cima, mas outro dia tive um lapso de catatonia ao ouvir uma guria de uns 12 anos me chamar de Tio. ‘Valeu Tio!’”

Caius Valladares

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s