O craque Maçaranduba

Já ouvi no elevador, já li em blogs e até no Facebook: “foi 0 a 0 mas foi bom, brigado”. Tem alguma coisa errada nessa frase ou será que sou do contra? Quem gosta de briga não tem que assistir o UFC? Ou então, escalem Maçaranduba e Montanha como volantes. Pombas, o jogo de ontem foi uma bosta. Ninguém queria jogar, os dois times só se preocupando em destruir, ninguém de talento inspirado, o pau comendo solto e o infeliz do juiz batendo palmas.

Desculpem, mas sou do tempo em que jogo brigado e retranca era coisa de time pequeno, nitidamente inferior.

O Flamengo começou a não ganhar o jogo de ontem quando apareceu o discurso de que o empate lá seria bom negócio. Sinto muito, mas alguém se enganou feio aí, porque o Palmeiras não passa de um time comum com um técnico retranqueiro e historicamente violento. Ou não foi isso que foi visto em campo ontem.

E o profexô fez o que pra tentar resolver? Nada. Entregou o time em campo sem nenhuma boa idéia, nenhuma alternativa pra sair do rame-rame porrada-chutão-porrada-passe errado-porrada. E lá se foram mais dois pontos fáceis pelo.

Palhaçada (1)

Até agora não entendi o interesse em Kleber, nada mais do que um centroavante comum, conhecido e reconhecido por seu mau caráter. E ontem ele mostrou todo seu arsenal. A foto do cotovelo dele na cara de Thiago Neves está em todos os lugares. E o lance em que não devolveu a bola e quase matou o jogo foi de envergonhar a última geração de todos os palmeirenses.

Palhaçada (2)

Só eu ou mais alguém está desconfiando que Thiago Neves e Ronaldo forçaram o cartão amarelo para não ir a Macaé no próximo sábado? O lance do camisa 10 então, foi de fazer corar. Pra completar, ainda destruíram minha rodada no Cartola. Alguém acha que estou morrendo de vontade de comprar bonequinho do dentuço numa hora dessas?

Tranqüilo

Os caras abriram oito pontos de frente. Mas ainda faltam 84 pra ser disputados. E é lógico que essa boa fase vai acabar, acaba pra todo mundo. Daqui a pouco, as coisas entram nos eixos e eles começam a perder. Mas há que se cumprir a obrigação. Apesar da única derrota do ano ter sido justamente para nosso próximo adversário, ninguém me convence que passaremos sufoco. Porque do Ceará, temos a obrigação de ganhar até usando nosso time pré-mirim.

Sem perder a conta

Faltam 28 jogos para o hepta.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s