Muito conveniente

Não, não acredito que qualquer vitória do mundo ocidental sobre o terrorismo ou o fundamentalismo islâmico seja a vitória do bem sobre o mal. Mas preparem-se para ouvir isso exaustivamente a partir de hoje.

Mas parece que mataram Bin Laden. Parece? É, parece. O que há de concreto, até agora, é que uma casa em um condomínio de luxo no Paquistão foi atacada e ardia em chamas.

A única imagem do sujeito morto (até agora) é a foto ao lado. Parece Bin Laden, parece morto, mas quem pode garantir? Gostaria, por exemplo, que eventuais freqüentadores desse blog, especialistas em manipulação de imagens, se pronunciassem.

Também disseram que sepultaram o corpo no mar. Por quê? E por que tão rápido? Sei lá, mas em um mundo dominado pela paranóia, é cada vez mais fácil construir teorias da conspiração. Gosto muito delas, mas é muito difícil que todo um procedimento envolvendo tanta gente e de maneira tão oficial, com a participação direta e pública do presidente da república seja simplesmente uma grande mentira.

Nos states, é natural que o povo tenha feito um carnaval. Afinal, o 11 de setembro foi atribuído a Bin Laden. Como também é natural o tom do discurso de Obama. Mas não é curioso que a morte de Bin Laden tenha acontecido muito pouco tempo depois de Obama lançar sua candidatura à reeleição, em um momento em que seus índices de popularidade estão próximos do chão. Justamente no momento em que os caras lançaram um guerra contra um Kadafi que eles não conseguem derrotar?

Verdade ou não que o cara tenha sido morto, é indiscutível que aconteceu em um momento muito conveniente.

E é bom que todo mundo abra o olho. Se o sujeito estiver vivo, vai preparar algo grandioso para mostrar que está vivo. E se estiver morto, não será surpresa que bombas pipoquem ao redor do mundo nos próximos dias, como vingança de seus seguidores e correligionários. Afinal, como todo mundo sabe, o terrorismo não está nem perto de acabar.

2ª edição

Como disse aí em cima, adoro uma teoria da conspiração. Ainda bem que não sou o único. Assim como não fui o único a olhar desconfiado para a foto acima. Vale a pena clicar aqui.

3ª edição

O óbvio: já foi confirmado que a foto acima é falsa, uma montagem que teria sido exibida pela primeira vez em 2009. Também já foi divulgado que o DNA confirma que o morto era Osama. E daí? Como é que tinham uma amostra anterior para comparar? Em 2011, alguém acredita que não há nenhuma imagem que tenha registrado a operação, presos e – principalmente – mortos?

Anúncios

Um comentário em “Muito conveniente

  1. é, a foto parece uma montagem daquelas beeeem grosseiras, que não aparecem ao exibi-la na TV por poucos segundos. Mas olhando com calma, as diferenças entre áreas com e sem foco (especialmente entre as metades superior e inferior da cabeça) com transições nada sutis e o recorte da barba e orelha esquerda por sobre a parte onde a pele aparece e o que parece ser algodão(?) com uma sombra com cara de photoshop dando o “acabamento”… sei não. Dá o que pensar…

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s