Oba-Obama (2)

O presidente da (dita) maior democracia do mundo resolve visitar o Brasil e, de quebra, fazer um discurso ao povo no Rio de Janeiro. E aí, danou-se. Como se não bastasse ter que aturar um monte de gente fazendo festa pro sujeito a título de que seria um momento histórico.

Ir e vir

A bagunça provocada pelo ícone fabricado que virou presidente revogará direitos básicos de qualquer cidadão.

Vejam no mapa aí em cima as ruas que serão interditadas e toda a área em que será impossível estacionar. Pra completar, a ligação de metrô entre zonas norte e sul será interrompida por várias horas.

De quebra, as pessoas que forem ao oba-oba (tem hífen?), não poderão levar bolsas ou mochilas. Ou seja, cada um que se vire com suas carteiras, telefones, máquinas fotográficas (afinal, o político é tratado como pop star), maços de cigarro etc.

Trabalho

Se não bastasse, também serão fechados os estabelecimentos comerciais da área. Ou seja, as pessoas não terão direito ao trabalho. Quem arcará com o prejuízo, principalmente dos bares e restaurantes da região?

E, claro, como não haverá nada aberto, além de tudo o que você carregaria na bolsa ou na mochila que não poderá levar, ainda vai ter que se virar para ter a mão um simples garrafa d’água.

Não é de dar parabéns?

Anúncios

Um comentário em “Oba-Obama (2)

  1. Infelizmente os cordeirinhos vão cerrar as portas dos estabelecimentos. Eles tinham que se juntqr e abrir na marra. TODOS! Vão fazer o quê? Prender os comerciantes? Merecemos a “ilustre” visita…

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s