Barbárie

Você pode até não ter visto o vídeo acima, mas já deve estar sabendo o que aconteceu em Porto Alegre. Eu ainda estou pasmo, não consigo sequer imaginar o que passa na cabeça de um sujeito que faz uma coisa dessas. Simplesmente porque é injustificável, é nitidamente proposital.

Não estava lá, não vi o que aconteceu, tenho à disposição os mesmo relatos que qualquer um na mesma situação. A história começa com ciclistas que participavam do tal passeio dizendo que o sujeito já vinha, há algum tempo, buzinando, acelerando e até encostando seu carro nas rodas traseiras de quem estava na última fila.

Por conta disso, houve algumas discussões e até alguns ciclistas deram tapas no carro entre os gritos e palavrões de praxe. Reza a lenda que, depois disso, o sujeito deixou as bicicletas se afastarem um pouco, acelerou e fez isso que está no vídeo acima.

Não deve ter sido por acaso que lembrei do vídeo abaixo, um desenho do Pateta produzido em 1950(!!!).

Também vi por aí que o sujeito e seu advogado alegam legítima defesa, que os ciclistas o atacaram, quebraram o vidro de seu carro, colocaram sua vida e a de seu filho de 15 anos em risco e que a cena acima seria uma fuga para que nada de ruim lhes acontecesse.
Aí, Zero Hora achou o garoto que deu a seguinte declaração:

Não foram eles (os ciclistas) que começaram (a discutir), meu pai foi um pouquinho antes. Só que aí começaram a bater a fu no carro. Aí, depois que se entenderam, três caras ficaram na frente do carro trancando só ele, só ele.

Como podem ver, o próprio garoto admite que seu pai começou a confusão, mas que houve uma espécie de entendimento. Só uma frase não faz sentido, de que só o carro em que estava foi trancado. Pois como vemos no vídeo, nenhum carro ou ônibus ou nada que não fosse bicicleta transitava no meio do grupo.

Então, é claro que toda a situação é absurda e o sujeito tem que ser julgado e punido severamente pelo que fez. O que não entendo em todo o caso é como é que um cara de 47 anos, com um filho de 15, faz aquilo em vez de – simples assim – dobrar uma esquina e tentar um trajeto alternativo.

Vídeos do VodPod não estão mais disponíveis.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s