Duca

Resolvi dar uma olhada nos números deste meu cantinho em 2010. É por isso que, jornalista que sou, só hoje, ao quarto dia do 2011º ano da graça de nosso senhor Jesus Cristo, consegui chegar a alguma conclusão.

E a decisão de publicar esses tais números aqui é, na verdade, uma forma de agradecê-los pela atenção dispensada.

Quando resolvi publicar um blog, o objetivo era ter um espaço livre onde eu pudesse escrever sobre o que me desse na telha, na hora e do jeito que bem entendesse. Sem qualquer amarra profissional, resumindo, queria exercitar o texto e desopilar o fígado ao mesmo tempo. Não por acaso, os temas mais freqüentes por aqui são o meu Flamengo, o futebol em geral, a Fórmula 1 e a vela, minhas paixões.

E nunca me preocupei muito com a audiência e ao enviar e-mails para os amigos, a intenção era dividir com vocês a minha (nem tão) estranha percepção sobre o que acontecia ao meu redor.

Mas aí chegou o final do ano e todos aqueles balanços sobre qualquer assunto em todos os lugares ligou o botão da minha curiosidade. E a primeira informação que encontrei foi que publiquei 377 posts (1,03/dia) e 818 imagens (2,24/dia). Não sei se foi muito ou pouco e, sinceramente, não estou preocupado.

Agora, os números mais importantes. Fiquei sinceramente impressionado por ter recebido 23.322 visitas (1943,5/mês ou 448,5/semana ou 63,9/dia). Se eu fosse o editor do JN, pediria para alguém fazer uma conta louca qualquer e descobrir quantos estádios do Olaria lotados significaria isso. Como, vocês sabem, não sou, uso informação disponibilizada pelo próprio WordPress.

Vocês sabiam que um navio de carga médio carrega 4.500 containeres? Então, as visitas de vocês equivaleria a pouco mais de cinco cargueiros médios. Informação fundamental para a vida de todos nós, né não?

Outra descoberta interessante foi a de que o dia de maior visitação (340) foi 6 de abril. E se você não liga o nome à pessoa, lembro que foi o dia em que o Rio e o Grande Rio quase foram transformados na Veneza tropical, que o morro do Bumba veio abaixo e que o Eduardo Paes mandou todo mundo ficar em casa. Ou seja, mais uma prova de que tragédias e notícias ruins em geral ajudam a vender jornal, ou coisa que o valha.

Por fim, lá pelo meio de dezembro foi publicado o comentário nº 1.000 de nossa breve história.

Resumo da ópera, vocês – minha meia dúzia de 7 ou 8 ou 63,9 leitores – são duca.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s