Que feio…

Quando se fala em censura e liberdade de expressão é preciso entender que esses são valores sagrados de qualquer país que se diz democrático. Ainda mais em se tratando de um veículo de comunicação que usa e abusa deste discurso para descer o cacete no governo atual. Então é, no mínimo, uma vergonha que um jornal se utilize de meios (legais ou não) para censurar alguém.

A Folha de S. Paulo fez isso.

Não cabe aqui se sou ou se você é a favor deste ou daquele partido, deste ou daquele candidato, se concorda ou não com os editoriais deste ou daquele jornal.

O que a Folha fez foi tirar do ar, por meio de liminar, um site que faz humor sobre o fato dela, a Folha, criticar tanto o governo Lula e apoiar tanto o candidato do PSDB. Basicamente, com a anuência de um juiz, o jornal assume que pode publicar o que quer, falar mal de quem quiser. Mas ninguém pode falar mal dele. No mínimo, uma baita incoerência do primeiro jornal brasileiro a ter um Ombudsman.

A história completa está no Boteco Sujo e replicada num monte de outros sítios por aí.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s