O dia seguinte

Ando, já há algum tempo, em clima pré-eleitoral, baixando o cacete no governo que aí está e em sua candidata quase eleita. Por várias razões que, se você tiver a paciência de procurar pelo blog, pode descobrir sozinho sem que eu fique me repetindo.

Com o pleito praticamente decidido (e mesmo contando com uma improvável mudança de cenário), o que sobra é começar a pensar no dia seguinte, sem saber ao certo se esse tal dia seguinte será 4 de outubro ou 1º de janeiro.

Assim, seja quem for o nosso futuro presidente, apresento aqui a idéia de começarmos a realmente levantar estas nossas mazelas escorados em base em ampla e elevada discussão doutrinária, investigando cada uma delas profundamente e propondo a extinção das mesmas ou modificando-as de forma que se tornem mais justas, isto, é, sob o princípio-mor da igualdade de todos perante a lei.

Esse aí é só um pedaço do último parágrafo de um post publicado no blog O Sapato e a Lâmina da Faca. Vale a leitura completa.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s