Crise na Gávea

A foto de Cezar Loureiro (O Globo) é um bom resumo do que foi o jogo entre Flamengo e Vasco ontem à noite. Pelada de dar gosto… Não vi o jogo ao vivo por compromissos familiares, mas o silêncio que ouvia a três quateirões do Maraca era sintomático. Até que, já próximo das 20h30, ouvi um certo estrondo no maior e mais belo estádio do mundo, acompanhado de alguns gritos e até buzinas nas janelas ao redor da varanda em que eu estava. No meio daquele barulho, consegui perceber que a palavra Vasco (desculpem) foi dita por duas ou três pessoas.

Pensei: foi pro saco, perdemos o jogo.

Mas qual não foi minha surpresa quando, ao acessar o computador disponível mais próximo, descobri que os caras estavam comemorando o fato de não levar um gol. Como assim? Desde quando torcida de time grande comemora 0 a 0 de meio de campeonato?

E aí caiu a ficha. Crise na Gávea!

Pombas, empatamos com os caras que já entram em campo derrotados, com os caras que há trocentos anos não conseguem ganhar nada, nenhum jogo importante da gente. Imaginem se quebrariam a sina justamente no jogo de despedida do Mário Filho? Claro que não.

Ou seja, apesar do mau momento, do time fraco e do técnico ruim, algumas coisas na relação entre o Flamengo e a turma da colina são mais fortes que fanfarras momentâneas como estréias de ‘craques’ que nosso clube recusou. A incapacidade deles de vencer é uma delas. E os caras estão até agora soltando fogos por conta da boa atuação de seu goleiro.

P.S.: e eu caí na asneira de assistir ao VT do jogo.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s