O fim da ressaca e de tudo um pouco

O blog anda meio parado e pode parecer que ainda é a ressaca da Copa. Na verdade, só a correria que nos acomete, às vezes maior do que o habitual. É o caso desta semana. O problema é que enquanto a gente fica meio perdido e completamente atabalhoado com o dia a dia, o mundo não para.

E muita coisa importante e desimportante tem acontecido. A Dilma rubricou um plano de governo infeliz e quando a imprensa se deu conta, disse que não leu mesmo e que rubrica não é assinatura. E é esta figura que aparece como a mais forte candidata à nossa presidência. Vamos bem?

Lou Reed não cancelou sua visita à Flip, e ainda não sei se isso é bom ou ruim. O certo é que, se viesse, Paraty nunca mais seria a mesma. Pelo menos é o que pensa o Luiz.

O Flamengo voltou a jogar e venceu, apesar do time horroroso que não consegue trocar passes de dois metros.

Lula entrou em confronto com a Fifa, teimando em dizer que a preparação para a Copa 2014 não está atrasada e que nós não somos um bando de idiotas. Sei.

O trem bala vai sair do papel e, reza a lenda, ficará pronto em 2016. Ligando o Rio a São Paulo e com preço médio de passagem maior que a ponte aérea, já nasce fadado ao fracasso. Pelo menos depois que deixar de ser novidade.

Na F1, a Red Bull deveria dar asas para todos, mas tirou a de Webber em benefício de Vettel. O australiano foi para o pau, venceu e ainda jogou a merda no ventilador.

Na Venezuela, a pedido de Cupa, Peña Esclusa foi preso e acusado de terrorismo. Você não sabe quem é esse sujeito? Deveria. Pelo menos é o que o Giorgio, leitor e comentarista mais assíduo desse canto da internet, diz. O fato é que plantaram explosivos na casa do sujeito que é um pacifista. Mas como ele é contra e denuncia o modus operandi das nada democráticas neo-democracias latinas, deram um jeito nele. Mas você não viu nada por aí, na imprensa? Bem vindo ao país do Lula, amigo de Fidel, Chávez, Correa, Morales, Mugabe, Ahmadinejad. Bem vindo ao país que, se a gente deixar, será de Dilma.

Assim como aconteceu com os Nardoni, Bruno já foi preso e condenado. Mesmo antes de ser julgado. Não, não estou defendendo nem uns, nem o outro. Mas parece que nossa imprensa não aprendeu nada com a Escola Base.

E enquanto a Argentina se tornou o primeiro país da América Latina a legalizar o casamento gay, o JB se prepara para desaparecer e nosso congresso está ocupado com a lei da palmada.

E sabe que olhando tudo isso, dá até vontade de continuar meio alheio…

Anúncios

3 comentários em “O fim da ressaca e de tudo um pouco

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s