Eu te disse, não disse?

SE tudo der certo, seremos campeões mundiais. SE tudo der certo, Kaká não terá nenhum problema físico ou técnico e será o grande maestro do Brasil. SE tudo der certo, Robinho vai enlouquecer as defesas adversárias, da Coréia à Inglaterra, passando pela Espanha. SE tudo der certo, Júlio César vai ficar bem até a final e não teremos problemas sob as traves.

O grande problema dessa lista que poderia continuar quase indefinidamente é que há muitos ‘se’ para que tudo dê certo. E SE alguma coisa não der certo?

SE Julio Cesar se machucar ou não estiver bem? Doni é uma vergonha e Gomes… O que falar dele?

SE precisarmos da lateral esquerda para desafogar e resolver um jogo, dependeremos de Gilberto!!!!

SE Kaká tiver algum problema, não há ninguém capaz de substituí-lo à altura. Já pensaram no que vai acontecer SE precisarmos, em um jogo decisivo, de um meio campo formado por Gilberto Silva, Kleberson, Felipe Melo e Elano (ou Josué ou Ramires ou Júlio Batista).

No ataque, SE Robinho – apesar do bom início de ano ao lado dos meninos da Vila – jogar o que jogou normalmente nos últimos anos, teremos um atacante a menos. E SE, além de Robinho jogar seu normal, algum outro estiver machucado? Não poderíamos, ao menos, começar a Copa com quatro atacantes?

Esse pedaço de texto aí em cima é um trecho do post Se sapo tivesse embreagem…, publicado no dia 11 de maio, data da convocação da seleção para a Copa que acabamos de deixar. Eu sei que é terrível esse negócio de jogar na cara dos outros o que você falou e acabou acontecendo, mas a grande maioria das críticas feitas ao Dunga e seu time – principalmente nos últimos tempos – eram mais ou menos as mesmas e até óbvias.

A sensação após a partida de hoje é que o excelente primeiro tempo da seleção brasileira foi como aquela pequena melhoras que os moribundos e terminais apresentam pouco antes de morrer, uma espécie de último suspiro.

O curioso desta copa, diferente de outras, é que em volta de você tem um monte de gente chateada, decepcionada, tem até uns caras que estão muito putos da vida. Mas repare se alguém está surpreso? Pois é. Agora é esperar para ver quem será o substituto do anão e começar a se preparar para 2014, que jogaremos em casa.

Na copa, minha torcida fica para a Argentina e o Pibe, mas não ficaria incomodado de ver uma final entre Espanha e Holanda.

Anúncios

Um comentário em “Eu te disse, não disse?

  1. Repentinamente me emocionei em ver a lendária Celeste Olímpica entre as quatro grandes. É o time mais fraco, mas nem por isso pode ser uma surpresa. Eu gostaria de uma final sul-americana. Estou cansado da empáfia dos europeus e da UEFA. Paraguai e Uruguai seria mais arrepiante ainda.
    Sua análise está correta. O Brasil era um time para funcionar bem mas cheio de condicionantes. Ainda assim , não liquidou o jogo no primeiro tempo hoje por preciosismo. Se terminasse 2 a 0 teria sido normalíssimo. Maicon. Kaká e Luís Fabiano perderam grandes chances. E a Holanda não fez nada. O gol Didi, Dedé, Musum e Zacarias da defesa do Brasil numa bola despretencioa fez o porteiro de boate Felipe Melo se descontrolar e liquidou o Brasil.
    O que estou querendo dizer é que mesmo com uma selecão mal convocada, que apanhou muito da Costa do Marfim, que dependia de 2 ou 3 para as grandes jogadas, o jogo hoje não foi sopa para a Holanda nos 45 minutos do primeiro tempo. Mas como a imagem que fica é a úlitima, vamos lembrar sempre de gols incríveis que os laranjas perderam no final e o Brasil atacando pior que time de pelada do Aterro do Flamengo.

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s