Metrô Rio

Metrô Rio

Recebi o convite abaixo.

Prezado(a) Cliente.

Iremos realizar um encontro com nossos clientes, no dia 30/06/2010 (quarta-feira), as 18:00h, na sede do Metrô Rio.

Av. Presidente Vargas, 2000 – Centro – RJ.

Nesta ocasião pretendemos ouvir nossos clientes, acolher as informações e sugestões, além de esclarecer as dúvidas a respeito de nossa operação. Haverá visitação ao nosso Centro de Controle Operacional (CCO).

Solicitamos confirmar a sua presença impreterivelmente até o dia 28/06/2010 (segunda-feira) por este email.

Mencionamos que cada cliente poderá trazer até dois acompanhantes.

Estamos a disposição para mais esclarecimentos.

Contamos com a sua presença!

Por compromissos profissionais e familiares, não poderei comparecer. Gostaria mesmo de estar presente, acho que tenho bastante coisa pra dizer ao metrô. Sem contar a minha decepção com a resposta padrão e absolutamente inócua ao meu último contato com a empresa.

Durante muitos e muitos anos, como boa parte dos cariocas, elogiei e defendi o metrô de qualquer um que ousasse falar mal. Mas é impressionante como os últimos governos estaduais e a agência reguladora, além da própria concessionária, fizeram força para destruir algo que funcionava tão bem.

Moro a 50 metros de uma das estações do metrô na Tijuca e, já há algum tempo, evito usar os trens subterrâneos. Graças à completa falta de carinho com seus usuários, desconforto habitual, falta de respeito aos intervalos que deveriam existir e um monte de outros problemas, acordo mais cedo do que poderia e vou ao trabalho de ônibus. É, isso talvez pareça bobagem, mas o meio de transporte que foi criado para facilitar nossas rotinas e aumentar nossa qualidade de vida, hoje me prejudica. E não devo ser o único.

Não conheço ninguém que seja capaz de dizer que o metrô tem funcionado bem, que apesar dos problemas do ano passado voltou a melhorar ou coisas do gênero. Pelo contrario, só vejo amigos falando mal.

O metrô do Rio, hoje, não transporta com qualidade ou eficiência. Não atende toda a cidade (nem chega perto disso), é caro e não comporta a quantidade de usuários que amealhou com o sem número de integrações com ônibus e trem. Além, claro, de ser o único metrô do mundo que para em sinais de trânsito. E alguém dirá que quando alguma coisa funciona bem, mais gente passa a utilizar. Só que se mais gente passa a utilizar, para continuar funcionando bem é preciso executar melhorias constantes – nesse caso, aumentar o número de trens, diminuir os intervalos e, só então, ampliar a malha.

Por aqui acontece o contrário: primeiro lota-se todos os trens ao máximo para depois serem feitas as promessas de melhoria. Deus sabe quando chegarão novos trens suficientes para atender a população. E ainda há uma piada que pode ser vista em telas de LCD penduradas em algumas estações, dizendo que o metrô não é superlotado e que o nível de ocupação dos vagões é simelhante às médias das grandes cidades do mundo.

Eles devem estar se referindo àqueles vídeos que estão disponíveis na internet, mostrando guardas empurrando e dando cacetadas em passageiros japoneses, coreanos ou algum outro país das bandas da Ásia. Mas ninguém se dá conta de que, não é porque lá é assim que temos que aturar o mesmo. E sobre grandes cidades do mundo, tive o privilégio de visitar algumas e, sempre andando de metrô, nunca vi nada parecido com a hora do rush nas estações e trens cariocas.

Eu nem falei da gambiarra que fizeram na linha 2 e este texto já está enorme. Então eu vou parar por aqui, talvez eu volte ao assunto.

Enfim, é uma pena não poder ir ao encontro. Por outro lado, fica a dúvida sobre uma possível perda de tempo, porque tendo a não acreditar em nada do que o metrô tenha a dizer. A não ser que as coisas sejam muito bem provadas e implantadas imediatamente. A não ser que um dia, quem sabe, a cúpula do metrô, a paisana, passe uma semana viajando em direção à zona norte, linhas 1 e 2, na hora do rush, ao meu lado (eu preciso ver para crer…). Talvez percebam o tamanho da cagada que sua administração provocou ao metrô.

Anúncios

Um comentário em “Metrô Rio

  1. Assim como vc, moro muito perto do Metrô Saens Pena e há mais de ano não consigo usar esse transporte para ir de casa/trabalho/casa. Também não tenho vontade alguma de ouvir o que eles ten a dizer.O último contato que fiz com eles, recebi um e-mail dizendo que haviam trens extras e que isso desafogaria em horario de rush. Grande falácia!!

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s