Oportunidade boba

O Brasil jogou muito melhor contra a Costa do Marfim, o que não significa que tenham jogado bem. Mas venceu com autoridade, isso é indiscutível. Então vou aproveitar que a vaga está garantida para voltar a falar de bobos e de oportunidades perdidas.

Portugal acaba de fazer 7 a 0 na Coréia do Norte. Assim como a Alemanha fez quatro na Austrália. O que só comprova minha tese de que a frase ‘não existe mais bobo no futebol’ é uma besteira. Mesmo em uma Copa do Mundo.

Nos dois jogos que citei, os times grandes mostraram o que se deve fazer quando se encontra um time pequeno. E é por essas coisas que vários grandes times entraram para a história mesmo sem conquistar grandes títulos, porque se portavam como deviam. É o caso daquele time de 82 que nosso técnico atual não pode nem ouvir falar, mas que ao encontrar Nova Zelândia e Escócia, fez quatro em cada um.

Eu estou bastante curioso para ver o que vai acontecer no jogo entre Paraguai e Nova Zelândia. Nossos vizinhos estão bem mas nem são essa coca-cola toda. Mas estão jogando bem e com vontade, enquanto os neozelandeses… É um time semi-amador!!!

Alguém lembrará que os germânicos perderam sua segunda partida (para mim, uma baita falta de sorte) e que a Itália empatou com a Nova Zelândia. Ok, zebras acontecem é são boa parte da graça do futebol. Outros lembrarão que aquele Brasil foi eliminado. Sim, mas depois de ganhar um clássico (3 a 1 na Argentina) e perder outro, para a Itália.

O Brasil pode ser campeão? Claro que pode (e eu continuo torcendo muito). O nível técnico desta Copa está muito baixo e, verdade seja dita, Dunga montou um time forte. Que não é sinônimo de time bom.

O problema de não ter feito o que deveria contra a Coréia do Norte (semi-amador também) é que os adversários olham e ficam, no mínimo, animados. Quando se atropela um time desses, os outros pensam o seguinte: ‘não fez mais que a obrigação, afinal é a Coréia do Norte. Mas com aquela movimentação e aqueles chutes de fora, não podemos dar bobeira’.

É verdade que com a vitória de ontem, da maneira que foi, recuperamos um eventual respeito perdido pelos adversários, mas Dunga e seus anões precisam aprender a não perder oportunidades como a da estréia. Um dia pode custar caro.

Um comentário em “Oportunidade boba

  1. Dunga é um técnico totalmente antenado com ‘nosso guia’. Vejamos:

    – é um fantoche que se acha um semi-deus;
    – quando alguma coisa dá errado, a culpa é dos outros;
    – quando recebe críticas, tira a máscara e mostra toda a sua (falta de) educação;
    – acredita que um mundo melhor (sem imprensa) é possível;
    – fazendo um monte de m… ainda periga de dar certo. Consequencias futuras, não é problema dele;
    .
    em suma, é mais um que sofre de crise do megalonanico.

    E um grande babaca.

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s