Jogo 5: No, they can’t (ou até milagre tem limite)

Taí um jogo interessante. Porque se espera muito do English Team e nada dos ianques. Que não jogam nada mesmo – por lá, futebol, quer dizer, soccer é coisa de mulher – mas vira e mexe, atrapalham um pouquinho. Como eu acho que até zebra tem limite, acho que não será desta vez que o time estadunidense fará algum barulho além da paranóia de seu esquema de segurança. Às vezes, chego a imaginar os agentes do FBI passando árbitros e jogadores em revista na hora de entrar em campo…

Da nada séria série ‘curiosidades da copa’, a partida marca o confronto da metrópole que quase virou colônia com a colônia que virou metrópole (sem quase mesmo). Por fim, vale o registro de que essa partida já aconteceu na copa de 50, quando os EUA venceram (inacreditavelmente) por 1 a 0. Esse resultado foi tão absurdo que virou filme (ruim): The Miracle Match (The Game of Their Lives).

A Inglaterra tem um dos melhores times da Copa e pretende fazer algum brilhareco. O problema deles é que o fato de ter inventado o futebol como o conhecemos parece ter se transformado em sina. Conquistou apenas um título roubado e jogando em casa. E nunca mais conseguiu sequer assustar ninguém. Mesmo com a geração de Lineker, a melhor que apareceu desde a década de 60. O time atual é recheado de craques e deve estrear com uma ‘vitória fácil.

Anúncios

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s