Nada mais a declarar

Falta pouco mais de uma hora para o Flamengo entrar em campo no Maracanã, pela Libertadores da América, lutando pela lidernça do seu grupo. Como seria bom estar envolvido pelo clima do jogo, torcendo como um louco pelo meu time do coração. Mas é possível?

Acaba de ser batido o recorde mundial de insensibilidade

A notícia de que o jogo do Flamengo contra o Universidade do Chile foi confirmado para a amanhã me deixou especialmente revoltado. Nem vou apelar pras óbvias ilações caluniosas pelo fato dos mandatários estaduais e municipais torcerem pro time da camisa feiona. Apesar de tentadora, a tese de que se praticou advocacia administrativa nesse caso com o fito exclusivo de beneficiar os vices na semi da TR no domingo é porra louquice braba.

Gosto de pensar em mim, e até forço a barra para assim ser percebido, como um iconoclasta politicamente incorreto que ta cagando pras convenções sociais. Mas dessa vez simplesmente não consigo ver graça alguma em desprezar o sofrimento de tanta gente por causa da porra de um jogo de futebol.

Espanta-me sobremaneira que o governador, o prefeito, a Suderj, a FERJ e o Flamengo tenham se submetido aos calendários da Conmebol e às grades de programação das TVs. Submissão que parece desconsiderar a extensão dos danos causados pela chuva e as condições em que se encontra a população carioca.

Que se dane a Libertadores, que se dane a Copa do Mundo, que se dane a novela, que se dane tudo enquanto a cidade não se recuperar. Que se dane tudo enquanto o carioca, torça ele pra que time for, não for capaz de sorrir novamente. Na moral, existe algum clima para jogo de futebol com a cidade arrasada? Esse jogo devia ser simplesmente cancelado para uma data posterior e fim de papo.

Marcar um jogo de futebol justamente para o local em que as enchentes são mais agudas me parece ser o cúmulo da irresponsabilidade. Porque até agora os bueiros e as galerias pluviais em volta do Maraca continuam no mesmo estado de decrepitude em que estavam antes da primeira chuva. E o pior de tudo é que enquanto as autoridades brincam de soccer manager nos seus gabinetes a chuva continua caindo sem parar. Espero que alguém tenha combinado com São Pedro pra que ele dê um break na chuva às 16 hs de amanhã. Caso contrário…

Arthur Muhlengerg (Urublog)

Anúncios

2 comentários em “Nada mais a declarar

  1. Pensei estar sofrendo, praticamente, sozinha por conta de todo esse caos em nossa Cidade. É bom encontrar pessoas que pensam nos outros, para variar, em uma Cidade em que o cara que anda na sua frente joga casca de banana pouco ante da gente passar.
    Sds.

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s