Eu tremo, tu tremes, mas o u não tem trema mais

E viva a internet. Pelos motivos óbvios, claro, que não estou aqui para elucubrar. A possibilidade de encontrar coisas e pessoas que sem a rede seria impossível é sensacional.

Pois olhem que estou, desde que ouvi falar a respeito e – principalmente – desde que entrou em vigor, querendo falar a respeito da maravilhosa, sensacional, imprescindível, fundamental reforma ortográfica. E não sabia como, sem o risco de cair no óbvio. Pois rodando por aí, de site em site, de blog em blog, encontrei o Interligue-se, da Nathália Pimentel. Nele, os textos abaixo. Um deles da própria e o de baixo, que li com gosto, do Daniel Gavin (desse, não encontrei link, blog ou quetais).

Do que a Nathália escreveu, concordo em gênero, número e grau, no que diz respeito às crianças. No que me diz respeito, resolvi me rebelar. E se, por ofício, não posso ignorar a reforma, assumo o compromisso de usar o trema para todo o sempre. E, quem sabe, fazer meu filho (ou filha) – que um dia vai chegar – entender que lingüiça não é linghiça. Espero que gostem.

•••

Hoje não vim deixar um texto meu.

Vou apenas deixar minha opinião sobre a Reforma Ortográfica da Língua: Acho uma total falta do que fazer.

Se o acento é diferencial, é para diferenciar. Por que sumir com ele? Se o trema é pra dar som ao ‘u’, coloque-o lá. Tadinho do bichinho, o que foi que ele te fez?

Não concordo que isso vá facilitar a vida de alguém, sinceramente. Principalmente na fase da alfabetização. Diz pra mim como explicar ao meu filho, de 6 anos, que na palavra ‘quente’ o ‘u’ não tem som e na palavra ‘cinquenta’ tem. “Qual é a diferença, mamãe? Como vou saber quando ele vai ter som e quando não vai ter?” A resposta, meu filho, era o trema. Agora vai ser como todo o resto: decora. E quando não souber… fala errado mesmo. É assim que o povo faz e, pelo visto, acha bonito.

Ahh… e você, meu amigo das salas dos cursinhos preparatórios, trate de buscar seu guia ortográfico o mais rápido que puder e comece a decorar as novas regras [e as suas exceções]. Sabe aquelas que você passou anos da vida decorando para aquele concurso público tão esperado?? Esqueça-as! Isso aí… fizeram o favor de jogá-las no lixo e confundir ainda mais a sua cabeça! E como um grande alento… ainda te deixam ‘errar’ até 2012. Olha como são legais!

Peço sinceras desculpas para quem é de opinião contrária. Mas eu precisava deixar bem clara a minha insatisfação com essas mudanças sem pé nem cabeça.

Deixo aí pra vocês um texto de Daniel Gavin, talvez sirva para compreenderem um pouco a minha opinião. Porque quando eu li, percebi que a indignação dele tem algo de familiar para mim.

Nathália Pimentel

•••

Eis aqui um programa de cinco anos para resolver o problema da falta de autoconfiança do brasileiro na sua capacidade gramatical e ortográfica. Em vez de melhorar o ensino, vamos facilitar as coisas, afinal, o português é difícil demais mesmo. Para não assustar os poucos que sabem escrever, nem deixar mais confusos os que ainda tentam acertar, faremos tudo de forma gradual.

No primeiro ano, o “Ç” vai substituir o “S” e o “C” sibilantes, e o “Z” o “S” suave. Peçoas que açeçam a internet com freqüênçia vão adorar, prinçipalmente os adoleçentes. O “C” duro e o “QU” em que o “U” não é pronunçiado çerão trokados pelo “K”, já ke o çom é ekivalente. Iço deve akabar kom a konfuzão, e os teklados de komputador terão uma tekla a menos, olha çó ke koiza prátika e ekonômika.

Haverá um aumento do entuziasmo por parte do públiko no çegundo ano, kuando o problemátiko “H” mudo e todos os acentos, inkluzive o til, seraum eliminados. O “CH” çera çimplifikado para “X” e o “LH” pra “LI” ke da no mesmo e e mais façil. Iço fara kom ke palavras como “onra” fikem 20% mais kurtas e akabara kom o problema de çaber komo çe eskreve xuxu, xa e xatiçe. Da mesma forma, o “G” ço çera uzado kuando o çom for komo em “gordo”, e çem o “U” porke naum çera preçizo, ja ke kuando o çom for igual ao de “G” em “tigela”, uza-çe o “J” pra façilitar ainda mais a vida da jente.

No terçeiro ano, a açeitaçaum publika da nova ortografia devera atinjir o estajio em ke mudanças mais komplikadas serão poçiveis. O governo vai enkorajar a remoçaum de letras dobradas que alem de desneçeçarias çempre foraum um problema terivel para as peçoas, que akabam fikando kom teror de soletrar. Alem diço, todos konkordaum ke os çinais de pontuaçaum komo virgulas dois pontos aspas e traveçaum tambem çaum difíçeis de uzar e preçizam kair e olia falando çerio já vaum tarde.

No kuarto ano todas as peçoas já çeraum reçeptivas a koizas komo a eliminaçaum do plural nos adjetivo e nos substantivo e a unificaçaum do U nas palavra toda ke termina kom L como fuziu xakau ou kriminau ja ke afinau a jente fala tudo iguau e açim fika mais faciu. Os karioka talvez naum gostem de akabar com os plurau porke eles gosta de eskrever xxx nos finau das palavra mas vaum akabar entendendo. Os paulista vaum adorar.

Os goiano vaum kerer aproveitar pra akabar com o D nos jerundio mas ai tambem ja e eskuliambaçaum.

No kinto ano akaba a ipokrizia de çe kolokar R no finau dakelas palavra no infinitivo ja ke ningem fala mesmo e tambem U ou I no meio das palavra ke ningem pronunçia komo por exemplo roba toca e enjenhero e de uzar O ou E em palavra ke todo mundo pronunçia como U ou I, i ai im vez di çi iskreve pur ezemplu kem ker falar kom ele vamu iskreve kem ke fala kum eli ki e muito milio çertu ? os çinau di interogaçaum i di isklamaçaum kontinuam pra jente çabe kuandu algem ta fazendu uma pergunta ou ta isclamandu ou gritandu kom a jenti e o pontu pra jenti sabe kuandu a fraze akabo.

Naum vai te mais problema ningem vai te mais eça barera pra çua açençaum çoçiau e çegurança pçikolojika todu mundu vai iskreve sempri çertu i çi intende muitu melio i di forma mais façiu e finaumenti todu mundu no Braziu vai çabe iskreve direitu ate us jornalista us publiçitario us blogeru us adivogado us iskrito i ate us pulitiko i u prezidenti olia ço ki maravilia.

Daniel Gavin

Anúncios

3 comentários em “Eu tremo, tu tremes, mas o u não tem trema mais

  1. Nossa… Eu fiquei muito tempo enrolada por aqui e meu blog sofreu um declarado abandono.. hoje, me deu saudade e eu fui dar uma olhadinha nas coisas! Por isso, apenas hoje vim aqui. E fiquei feliz de ver que vc gostou do que viu por lá e replicou aqui! Obrigada!!! Vou ver se consigo a partir de agora me manter mais 'interligada'.. como deveria estar sendo..rs
    Bjão =* Parabéns pelo blog!

    Curtir

  2. Esse textiu está ótimo…realmente a gente até ri!Mas é um probrema seríssimo!É PARA REFLETIR MESMO,assim como estão indo as coisas ninguém mais vai se enterder!Literalmente falando.
    O caos,se o Português já é difícil para os que nasceram aqui e para os estrangeiros que aqui vivem”e me adiciono(sorte minha que vim bebê),me coloco no lugar dos meus pais que aqui estão há quase 29 anos e continuam com algumas dificuldades…E os gringos que estão chegando agora…e meus sobrinhos.Imagina a cabeça deles…vão falar português que até então seus pais aprenderam,mais o portunhol dos avós,e no colégio aprenderam “o novo” português.
    Acho que fui bem clara.
    Vai ser difícil para todos!
    Guadalupe Delfino Palacios

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s