Festa na roça

No sábado aconteceu o Arraiá da Luluzinha. Teve lua chêa, fuguêra e uma decoração bunita pra mó de vê...

No sábado aconteceu o Arraiá da Luluzinha. Teve lua chêa, fuguêra e uma decoração bunita pra mó de vê...

Tava lá as cumadre e os cumpadi

Tava lá as cumadre e os cumpadi

A razão da festa era um casamento daqueles bem esperado mesmo. E teve pompa e circunstânça. Inquanto o padre esperava no altá...

A razão da festa era um casamento daqueles bem esperado mesmo. E teve pompa e circunstânça. Inquanto o padre esperava no altá...

adentraram as daminha e os padin.

adentraram as daminha e os padin.

Dispois, viéro o noivo coa mãe da noiva

Dispois, viéro o noivo coa mãe da noiva

e no finar da fila, o pai pra lá di orguioso com sua fromosura de fia

e no finar da fila, o pai pra lá di orguioso com sua fromosura de fia

Ia tudo correno bem

Ia tudo correno bem

Quando dirrepenti uma moça invadiu a festa i interrumpeu o casório. Vixe, foi uma bagunça só... A moça dizia que o pai do fio qui ela tava isperanu era o noivo.

Quando dirrepenti uma moça invadiu a festa i interrumpeu o casório. Vixe, foi uma bagunça só... A moça dizia que o pai do fio qui ela tava isperanu era o noivo.

Pois o pai da noiva, furioso quasi martô o disinfeliz pra defendê a honra da fia

Pois o pai da noiva, furioso quasi martô o disinfeliz pra defendê a honra da fia

Num sei como, mas acarmaru o véi e o noivo tratô di pidi perdão

Num sei como, mas acarmaru o véi e o noivo tratô di pidi perdão

Num sei o qui si arranjô por lá, mas nu fim deu tudo certo e o casamento aconteceu

Num sei o qui si arranjô por lá, mas nu fim deu tudo certo e o casamento aconteceu

E logo dispois da serimôna, o baile foi pra lá di bão.

E logo dispois da serimôna, o baile foi pra lá di bão.

Tá bão, tá bão... Oceis deve di tá curioso pra mó di sabê cuméqui se arresorveu a confusão. Pois intão vô confeçá: mi incantei pela moça e, pur um dinheirim bem rasoárve todo fim de mêis, aceitei casá e adotá o minino que ela tá isperanu.

Tá bão, tá bão... Oceis deve di tá curioso pra mó di sabê cuméqui se arresorveu a confusão. Pois intão vô confeçá: mi incantei pela moça e, pur um dinheirim bem rasoárve todo fim de mêis, aceitei casá e adotá o minino que ela tá isperanu.

2ª Edição (04/07 – 13h01)

Erro vergonhoso, ainda mais para quem se diz jornalista. Não dei os respectivos créditos das fotos. Na verdade, estão misturadas e a esta altura, já não sei mais qual foto é de quem, mas – tentando minimizar a falha… Pedro (namorado da Mariana – filha do Oscar, o noivo – e de quem não sei o sobrenome) e Morcegão (vulgo Leonardo Mauro) são os autores das imagens acima.

Anúncios

7 comentários em “Festa na roça

  1. Gustavo
    Parabéns pelo teu blog e fiquei moooooooooortinha de vontade de estar nessa festa!!!!!
    O Rial e o Oscar estão hilários e não posso deixar de citar a LuLuzinha e o chapéu do Morcegão!!!!
    Dá pra sentir que foi TDB!!!!
    Beijos
    ClauPenPen1

    Curtir

  2. Hehehe! Muito bom! Parece fotonovela…
    Eu também postei algumas fotos da festa junina que eu fui no meu flog (www.fotolog.net/sguenis).
    E no meu blog vc nem entrou, né?
    Beijo!!

    Curtir

  3. Gustavo,
    GENIAL !!! (não, não é o cachorro-quente do Rio não)
    Excelente montagem…Fotos ótimas, o texto imperdível…Muuuiiitttooo bom !
    Que vontade de estar naquele arraiá. Fiquei com água na boca….Ano que vem, quem sabe ?
    Abraços,

    Marcos Lobo

    Curtir

Comente

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s